Como encontrar e gerenciar os melhores membros da sua equipe remota

Spencer Coon
Jul 04, 2017

Há mais ou menos um ano, tenho trabalhado remotamente em Nova York, bem longe da matriz da Hibox em Barcelona. A equipe da Hibox é diversificada e espalhada por quatro países. E quer saber? Isso funciona super bem pra nós! Tivemos sorte por uma parte e fizemos nossa própria sorte por outra. Temos as ferramentas certas para um trabalho remoto produtivo e organizado. Porém, o mais importante, nós procuramos as pessoas certas.

Rapidamente o mundo dos negócios está se tornando remoto, 30% dos trabalhadores serão remotos de alguma maneira nos próximos anos. Trabalho remoto economiza dinheiro diretamente em despesas gerais e indiretamente na forma de baixas taxas de desgaste.

Tirando a capacidade técnica, a pessoa que você escolher para preencher uma posição remota é crítica. Combinação de habilidade técnica, motivação interna e ajuste de cultura não é nada fácil. Com a falta de tempo para treinamento e construção de relacionamento cara a cara, há pouco espaço para erro. Por sorte, existe toda uma força de trabalho emergindo que se ajusta a função remota mas naturalmente que nunca.

Na nossa experiência, existem algumas ferramentas promissoras e métodos que ajudaram a nos conectar com alguns dos membros mais fortes na nossa equipe remota.

Encontre uma equipe:

AngelList, WeWorkRemotely.com, and WorkingNomads.co:

Desde que o mercado de trabalhadores remotos e freelancers absolutamente explodiu, existem alguns sites construídos apenas com o propósito de conectar funcionários remotos entusiasmados com empresas que precisam de pessoas que saibam como isso funciona. WorkingNomads.com tem um sistema realmente fácil de entender para fazer exatamente isso em todas as áreas de negócios. As posições remotas mais populares (provavelmente por causa de sua natureza) são administradores de conteúdo (como eu) e posições de design. Não existe escassez. WeWorkRemotely tem o mesmo conceito, só um pouco mais caro para publicar. Na Hibox, nós preferimos treinar funcionários na matriz antes de irem para um trabalho integral remoto. Eu encontrei a Hibox através da AngelList e consequentemente trabalhei meus primeiros meses na matriz. AngelList, “onde o mundo encontra as startups” é ótimo para nós porque, bom, nós somos uma startup que se movimenta rápido e isso nos ajuda a atrair o tipo certo de pessoa e talento que combina com a nossa cultura.

Embarque, efetivamente:

Parabéns, passamos o primeiro passo. Da nossa experiência, o passo dois é o mais crítico para fazer todo o fluxo de uma equipe remota funcionar. Na verdade, preferimos embarcar pessoalmente durante dois meses na matriz para construir um relacionamento que dure anos de trabalho remoto. Você precisa obter todas as informações técnicas, bem como as pessoas que cuidam disso durante esse tempo. Quanto mais rápido você conseguir que alguém trabalhe de forma produtiva na agenda dela e na sua, melhor. Compartilhar uma pasta doc no Google Drive com todas as informações técnicas para ajudar os funcionários a responderem sozinhos as perguntas tem sido importante para nós. Nós usamos uma plataforma de bate-papo (que eu vou falar um pouco mais depois) para toda a comunicação relacionada ao trabalho, então a conversa é o mais natural possível e podemos obter respostas e discutir qualquer coisa imediatamente. Como com qualquer posição, há uma curva de aprendizado. O Cloud App é um criador de captura de tela GIF que usamos para fazer pequenos GIFs de como fazer partes técnicas do nosso processo para novos funcionários. Nós os guardamos para enviar a qualquer momento. Desperdício de tempo em comunicação desarticulada e mal-entendido é o beijo do fracasso para qualquer novo acordo de trabalho remoto.

Construa um escritório digital:

Como já mencionei antes, nossa equipe usa uma plataforma de bate-papo. Na verdade, usamos nossa própria plataforma para trabalho. Hibox é chat, gerenciamento de tarefas e chamadas de vídeo tudo em um. Honestamente, não sei como outras equipes trabalham com funcionários remotos sem isso. Um dos maiores desafios de mover o trabalho para fora do espaço de escritório tradicional é você descentralizar a comunicação e a informação. Há muito mais potencial para erros, falhas de comunicação e múltiplas versões de arquivos. Ao manter o bate-papo, as tarefas e os arquivos no mesmo lugar, eliminamos esses problemas. Outras ferramentas vitais incluem o Google Drive e o Dropbox (nós os integramos na Hibox) que são o mesmo conceito – um espaço central digital.

Mantenha os negócios humanos:

Uma coisa que sabemos é certa: trabalhar com freelancers e assumir um funcionário remoto são totalmente diferentes. Freelancers estão dentro e fora, é uma tarefa de terceirização. Um funcionário remoto é uma parceria contínua em que alguém está continuamente contribuindo para a direção da empresa. É vital garantir que eles saibam o que está acontecendo e seu lugar dentro de tudo, apesar da distância. Acho que fazemos um bom trabalho nisso. Quer dizer, eu sei, porque sou um dos remotos e ainda sinto que tenho uma conexão muito boa com a sede em uma base constante. Nosso fluxo de bate-papo em grupo de toda a empresa tem sido realmente fundamental para manter todos informados, apresentando novos funcionários e vinculando como um grupo remoto diariamente. O bate-papo por vídeo nunca deve ser subutilizado. As conversas “cara a cara” não somente são a melhor maneira para alguns tipos de brainstorming e discussões, como também continuam sendo a melhor maneira de conectar com pessoas. Às vezes, agendamos chamadas apenas para nos atualizar quando faz tempo que não falamos. Não ignore isso!

Ao longo do tempo, essas pequenas coisas fizeram uma grande diferença no sucesso geral de nossa equipe remota. Se você está procurando um espaço de trabalho digital que permita que você e seus novos funcionários remotos façam sucesso como o nosso, confira a Hibox.

Teste de graça e mude a forma como sua empresa trabalha